domingo, 10 de fevereiro de 2008

Mensagem para uma consciência de um divindade artificial





Ó todo poderoso Orkut, Deus de todos os rostos e todos os corpos, senhor da perfeição estética e da iluminação intelectual abreviada. Dá tua oratória nascem as verdades incontestáveis, de vossa graça alcançamos a a completa iluminação solitária e toda a paz proveniente dos solos sagrados fúnebres. De teus olhos, dos quais nada ousa escapar, nos é revelada que somos únicos e melhores do que nossos semelhantes, e por sua honra refutamos a opinião do profano bidê que nos tenta ao falar que em dadas circunstâncias todo mundo se suja do mesmo jeito.
Perdoe-me criador, sei que da tua vontade sou visto e da tua vontade posso ser apagado (deletado) do mundo(virtual), mas senti fogo aderdendo dentro da minha cabeça, e as vozes diziam que certos dogmas são não passam de falácias...

Vamos lá...
Eu não tenho fotos de biquíni, nem como cara de promiscuidade dando um sorrisinho sarcástico com a legenda "rs", tão pouco uma sequência idêntica, nenhuma editada em software, nenhuma malhando ou seminú e finalmente, nenhuma com outra(s) pessoas para que todas vejam o tamanho do meu círculo social.

Eu sinto muito, mas Laranja Mecânica não é o melhor filme do mundo, eu admito que na maioria das vezes não entendo David Lynch, e chamar Pasolini e Godard de cinema poesia e achar que isso é tudo na verdade é muito pouco...

Se você só lê Nietzsche e Schopenhauer há grandes chances de você ser um tremendo egoísta egocêntrico, se suas últimas leituras foram sistematicamente Código DaVinci, Pornopolítica, Memórias de minhas putas tristes e Caçador de Pipas, longe de mim querer desmerecer as qualidades das obras, você frequenta a livraria como quem vai ao supermercado. Agora se você comprou "Como Falar dos Livros que Não Lemos" tome vergonha na cara e vá ler.

Se sua principal leitura esquerdista atual é o Capital ou o Manifesto Comunista você está fodidamente desatualizado, se seu principal inimigo na vida a quem você culpa por todas as mazelas do mundo é o estado construa uma máquina do tempo e volte dois séculos. Se Adolf Hitler é o pior exemplo de ser humano que você pode imaginar então você não conhece muita gente. Se você se diz um comunista marxista libertário eu te digo que eu sou um cristão satanista ateu. Se você exalta os ativistas maoistas e stalinistas exilados na década de sessenta, mas critica ferozmente o Hugo Chavez, o que você tem contra a Rússia e a China???Se você conseguir resolver todos os problemas no mundo, ou ainda não deixa-lo pior, matando George W. Bush, eu te compro a arma a bala e se você quiser também assumo a culpa. Se você odeia pobres e os culpa pela violência no mundo aposto que você também tenta perder peso dormindo ou aprender inglês em seis meses sem sair de casa. Se você acha pecado passível de banimento a leitura de Mein Kampf você pode queimar todas as edições, mas não se ofenda se eu te apelidar de Gestapo.

Se você acha que comprar camisas e outros ornamentos com a cara do Che Guevara exalta sua atitude subversiva, procura um número de telefone na etiqueca e pergunte se a empresa fabricante está interessada em direcionar seus lucros para uma causa operária ou revolucionária. E se você acha foda mesmo essa estampa por que não usa também com a cara do Fidel Castro???Ou indo um pouco mais longe, com a cara do bandido das luz vermelha, porque convenhamos, os dois tinham uma queda por estupros, e além de tudo as duas podem vermelhas!!!!

Se suas principais bandas são as que mais ninguém nunca ouviu falar e você deixa de gostar delas quando alguém mais conhece, o que diabos você gosta na música???

Para finalizar, eu sou de carne e osso, vou ao banheiro excretar e defecar regularmente, às vezes eu erro, às vezes dou o braço a torcer e ainda que algumas vezes eu também acerte, discordar do que eu penso não é heresia.

Beijos, abraços, tenham um bom dia e tentem usar um corpo com órgãos para isso, pode ser legal.

3 comentários:

ivan disse...

Poxa, eu não sei realmente quem poderia ser esse pseudônio "idiota", porque o texto está simplesmente foda demais! Disse absolutamente tudo o que o orkut realmente é. Eu uso, sem culpa, e pra dizer a verdade, nem sei bem pra que.
Bacana vcs estarem com um blog agora. Se não me engano foi o Marcelo que disse que escolheu um blog (e não Jesus!!kkkkk), portanto, bem-vindos ao mundo do blog... é cansativo, às vezes é uma merda, mas tem suas compensações.

ps: se não se lembram, quem escreve é o Ivan, a gente estudo junto no Mackenzie.

Qquer coisa entrem no meu blog tbm... não tem mta coisa que presta, mas sei lá... quem sabe.

http://acidboy.blog.terra.com.br

ivan disse...

Ah, se vcs não configurarem pra que todos possam comentar, não dá mto certo.

Abraço!

Aninháh Martinelli disse...

Darling, adoro vc... ainda mais num dia de inspiração!